Você está acessando: Home Dicas para Bebês Primeiros Cuidados

SIGNIFICADO DOS NOMES

Primeiros Cuidados



Mesmo que a mãe se sinta insegura e um pouco cansada após o parto, a ela cabem os primeiros cuidados com o bebê, numa relação de afeto, delicadeza e respeito pelo filho.

Umbigo
De sete a quinze dias após o nascimento do bebê, o "coto" umbilical seca e cai espontaneamente. É importante mantê-lo limpo, aplicando, duas vezes ao dia, merthiolate incolor ou álcool 70%. A mãe deve usar cotonete e, após a queda, continuar mantendo a mesma higiene do local. Merthiolate colorido ou mercúrio cromo são desaconselháveis. Um leve sangramento é normal.

OBS: Modernamente, há fraldas descartáveis para os primeiros dias do bebê, com um orifício na altura do umbigo, para não comprimi-lo. Ataduras e faixas do "tempo da vovó" são absolutamente desaconselháveis.

Nariz
Espirros ocasionais não devem afligir a mãe, pois são normais em recém-nascidos. No caso de ela perceber que o narizinho do bebê está entupido, deve utilizar soro fisiológico, em temperatura ambiente, se possível, sem conservantes. Deve pingar o conteúdo de um conta-gotas (+ ou - 1ml) em cada narina. É recomendável ter o produto, sempre, em casa, pois descongestionantes comuns são perigosos para o bebê.

Dando banho
O banho é um momento especial que requer carinho e delicadeza, pois o contato com a água, mesmo que a temperatura esteja adequada, é, sempre, uma surpresa para o bebê e isso pode causar-lhe insegurança.

Recomendações à mãe:

  • Prepare o local do banho. Providencie, com antecedência, sabão neutro, toalha macia e roupinhas limpas.

  • A banheirinha infantil deve estar bem lavada e a temperatura da água, agradável ao toque (mais ou menos 34 graus).

  • Para testar a temperatura da água, mergulhe, nela, seu cotovelo esquerdo.

  • Enrole o bebê em uma toalha e sente-se próximo à banheirinha, de modo que a cabeça do bebê fique sobre ela. Lave, primeiro, o rostinho (sem sabonete), e, em seguida, a cabeça.

  • Desembrulhe o nenê e coloque-o, com cuidado, na água. O seu braço esquerdo deve servir de apoio para a cabecinha, de modo a deixar a sua mão livre para segurar, firmemente o bracinho. Use a mão direita para lavar a criança.

  • Ao retirar o nenê da água, envolva-o em uma toalha macia. Providencie para que o trocador fique perto do local o banho, a fim de que a criança não tome correntes de ar.

  • Seque, cuidadosamente, as dobrinhas e o umbigo. Não use talco. Consulte o pediatra no caso de assaduras.

  • Vista o bebê com roupas macias, folgadas e confortáveis.

Trocando as fraldas
Recomendações à mãe:

  • Lave bem as mãos todas as vezes que for manipular o bebê.

  • Forre, sempre, o local onde será feita a troca.

  • Use algodão molhado em água morna ou óleo especial, para remover resíduos de fezes o urina. (Já existem, no mercado, lenços úmidos apropriados para higiene infantil. Consulte seu pediatra antes de usa-los).

  • No caso das meninas, os movimentos de limpeza devem ser feitos de frente para trás, para não trazer resíduos de fezes para a uretra e vagina.

  • Para prevenir assaduras, passe um creme protetor à base de óxido de zinco.

  • Não use alfinetes para prender a fralda. Prefira fita adesiva ou fraldas descartáveis com vélcron.

  • Lave as fraldas de pano com sabão neutro e seque ao sol. Não use alvejante ou amaciante.

Amamentando
A mãe deve amamentar seu bebê, no mínimo, até seis meses, quando será introduzida, aos poucos, uma dieta especial, com pequenas porções de frutas e sucos e, mais tarde, sopinhas. O pediatra saberá orientá-la sobre as vantagens do aleitamento materno e esclarecer todas as suas dúvidas (primeira mamada, momentos de excesso ou falta de leite, cólicas do bebê etc.)

Visitas e passeios
Visitas de parentes e amigos devem acontecer somente uns cinco dias após o nascimento, a fim de que haja tempo para que o bebê adquira anticorpos e a mãe se recupere. Pessoas com qualquer tipo de problema de saúde devem evitar contanto com o recém-nascido.

Passeios ao ar livre devem ser matinais (entre nove e dez horas), de modo que o nenê possa tomar sol, que ajuda a sintetizar vitaminas importantes e a diminuir a icterícia, muito comum na primeira semana de vida.

 

Vacinas
Calendário oficial:

1 º mês

BCG (tuberculose) + Hepatite B

2 º mês

Pentavalente + Sabin

4 º mês

Tetrac-Hib + Sabin

6 º mês

Pentavalente + Sabin

9 º mês

Sarampo

12 º mês

Varicela (catapora)

 

Não se esqueça de fazer o teste do pezinho no seu filho. É realizado na própria maternidade ou em laboratório de análises clínicas, até o quinto dia de vida da criança.

 

Editora Responsável:
Dra. Elisabete Almeida
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Fonte: http://www.universodobebe.com.br/

Comentarios (3)Add Comment
0
...
escrito por Luísa Medeiros, abril 11, 2010
Muito boas as dicas... vou ser mãe pela primeira vez, mas já tenho noção de como cuidar de um bebê.
0
...
escrito por Raíssa Crístina, dezembro 14, 2010
Gostei muito das dicas smilies/cheesy.gif
pq vou ser mãe pela primeira vez e essas dicam
me fizeram ter uma noção de como cuidar de um Bebê.
0
...
escrito por Laiane Borges, outubro 23, 2012
Adorei as dicas, são muito
importantes pra quem vai ser
mãe pela primeira vez, pois ensiam a gente como cuidar
de um bebê!smilies/cheesy.gif

Escreva seu Comentario

busy
 

Enquete

Qual a Importância do Significado dos Nomes?